ODONTOPEDIATRIA

O que é Odontopediatria?

É a especialidade da Odontologia responsável pelo atendimento integral de bebês, crianças e adolescentes. E com o pré-natal odontológico, realiza o tratamento e orientações as gestantes.
Na CLÍNICA FRIGO, todo tratamento de ODONTOPEDIATRIA é realizado pela Dra. Juliana Frigo.

GESTANTE

CONTROLE PRÉ NATAL ODONTOLÓGICO

 

A gravidez destaca-se em relação aos outros períodos da vida, pois, em nenhuma outra ocasião uma vida depende tanto da saúde e bem estar da outra. A gestação é provavelmente o momento mais importante para estimular a saúde bucal, os comportamentos e as atitudes de hábitos saudáveis, pela alta influencia que isto poderia exercer nos cuidados dos futuros filhos. O controle pré-natal é o momento ideal para ensinar/ reforçar as práticas de higiene oral que posteriormente serão mantidas no bebê.

 

Causas do aumento da doença cárie durante a gravidez:

  • Possível descuido com a sua saúde bucal;
  • Maior incidência de náuseas e vômitos, o que torna o meio bucal ácido, afetando o esmalte dos dentes;
  • Alteração dos hábitos alimentares, com preferência aos alimentos doces;
  • Aumento da frequência das refeições.

Dúvidas que você pode esclarecer nas consultas de pré-natal

  • Amamentação materna;
  • Uso de mamadeiras;
  • Uso de chupeta e sucção de dedos;
  • Higiene bucal da criança, antes e após o nascimento do primeiro dente;
  • A cavidade bucal do recém- nascido;
  • O momento da primeira visita ao dentista;
  • O pré-natal odontológico assegura a chance de a criança crescer sem nunca ter a experiência da doença cárie e periodontal.

MITOS E VERDADES SOBRE O ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO NA GESTAÇÃO

GRÁVIDA PODE IR AO DENTISTA?

Sim. Não só pode como deve. É o momento em que o dentista passará todas as informações sobre os cuidados de higiene bucal tanto da mãe quanto do bebê. Extrações, tratamento de canal e restauração, podem ser realizadas durante a gestação? Sim. Os procedimentos odontológicos, desde que, corretamente realizados não geram males ao feto, principalmente quando realizados no período gestacional ideal (segundo trimestre é o período mais indicado).

    .

A MÃE PODE TRANSMITIR CÁRIE AO BEBÊ APÓS O NASCIMENTO?

Sim. O contato direto com a criança através do beijo, alimentos, objetos contaminados como as colheres, por exemplo, são meios de transmissão dos microrganismos cardiogênicos. Quanto mais cedo ocorrer esta transmissão maior será o risco de a criança desenvolver lesões de cárie.

    .

O EXAME RADIOGRÁFICO PODE SER REALIZADO NA GRAVIDEZ?

Sim. A quantidade de radiação utilizada no exame radiográfico dental esta muito aquém dos níveis nocivos, mas vai do bom senso do dentista utilizá-las em casos estritamente necessários para o diagnóstico desde que sejam utilizadas as normas corretas de proteção.

    .

O ANESTÉSICO ODONTOLÓGICO PODE SER UTILIZADO NA GRAVIDEZ?

Sim. É seguro realizar procedimentos odontológicos sob anestesia local. O anestésico local mais indicado para gestantes é lidocaína 2% com adrenalina 1:100.000 ou noradrenalina 1:50.000.

    .

A GRAVIDEZ ENFRAQUECE OS DENTES?

Não. Na maioria dos casos o fator determinante esta relacionado com a higiene bucal e hábitos alimentares inadequados.

   .

O DENTISTA PODE RECEITAR MEDICAMENTOS PARA A GESTANTE?

Sim. Desde que sejam realmente necessários. Consulte seu dentista.

   .

BEBÊS

O atendimento odontológico de bebês objetiva a orientação dos pais quanto aos cuidados com a saúde bucal mesmo antes do nascimento dos primeiros dentes. Cuidados com o bebê.

    .

AMAMENTAÇÃO

O leite materno é muito importante no primeiro ano de vida do bebê, pois possui tudo do que ele precisa inclusive anticorpos para a defesa de seu organismo. A sucção do seio é um exercício importante para o desenvolvimento da boca e dos dentes, além de criar hábitos corretos de deglutição e futuramente de mastigação. Porém, se não for possível amamentar, deve-se utilizar mamadeira com bico ortodôntico.

   .

1ª VISITA AOS DENTISTAS

Antes de nascer o primeiro dente de leite, a criança já deve ir ao dentista. Programe a primeira visita logo para os primeiros meses de vida. Assim, você será orientada sobre os cuidados que devem ser tomados com a saúde bucal da criança.

    .

ESCOVAÇÃO E FIO DENTAL

A higiene bucal deve iniciar antes mesmo do nascimento do primeiro dente de leite. Após cada mamada, limpe a boca da criança com fralda ou gaze limpas e umedecidas com água filtrada ou fervida. Evite mamadas noturnas e leite ou sucos adoçados. Depois do nascimento do primeiro dente de leite, a escovação deve ser feita utilizando-se escova infantil de cerdas macias, sempre após cada refeição e antes de dormir.

    .

NASCIMENTOS DOS DENTES

O primeiro dente costuma aparecer por volta dos 6 meses de idade. Geralmente, ate os 3 anos, todos os 20 dentes de leite já nasceram. Os permanentes nascem, aproximadamente aos 6 anos.

    .

CRIANÇAS

O atendimento odontológico de crianças tem como objetivo a educação em saúde bucal, fazendo com que hábitos corretos de higiene bucal sejam criados desde cedo.

É importante motivar e ensinar a criança a escovar os próprios dentes e passar o fio dental para que ela desenvolva um sentimento de responsabilidade pela sua saúde oral. Porém, até os nove anos de idade, a criança não tem coordenação nem habilidade suficiente para realizar uma escovação eficaz, sendo necessária a presença de um adulto responsável.

De todas as escovações, a noturna é mais importante. A saliva protege os dentes contra cárie e quando dormimos a produção de saliva cai, deixando os dentes mais suscetíveis à ação das bactérias. Tão importante quanto a escovação é a utilização do fio dental após cada refeição.

    .

ADOLESCENTES

O adolescente muitas vezes muda seus hábitos alimentares, aumentando a frequência do consumo de carboidratos e doces, e ainda descuida com a higiene bucal, favorecendo o desenvolvimento da doença carie e gengivite.

Ainda assim, adolescentes que fazem uso de aparelhos dentários que dificultam a higienização, devem ter um acompanhamento mais frequente de uma odontopediatra.